*Superplayer !!! *

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

*Ser Livre *


*É isso .

6 comentários:

✿ chica disse...

Estar sozinho , por vezes é legal!! Faz bem ao cantinho interior! beijos,chica e tuuuuuuuuudo de bom!

Vanuza Pantaleão disse...

Meu anjo!
Só agora tomo assento nesse PC. Meméia de Deus, nunca trabalhei tanto na minha vida como no final do ano passado, rsrs. Mas estou feliz, pois foi um esforço que trouxe mais aconchego para minha família.
Amiga, meu e-mail é público, é só olhar para o alto do blog: vanuza.adriano@gmail.com
Simples assim!
Te adorooooooooooo

Vanuza Pantaleão disse...

Gosto das suas postagens porque são sintéticas e resumem uma filosofia simples de estar no mundo.
Ficar sozinho não significa ser infeliz. Sozinhos podemos voar pelo infinito da nossa imaginação...
Muita paz e saúde para ti e tua família!!!!Bjsssss

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Estar sozinho não quer dizer que se seja livre.
Podemos ser dependentes dos nossos vícios, medos ou outras coisas.

Ser livres é não dependermos das coisas materiais nem de outras que nos subjugam.

Ser livre é saber viver em cada dia com plena liberdade do corpo e do espírito. - open mind.

Leninha disse...

Minha querida Edméia,

Para você mais uma poesia deste mesmo autor, interpretada brilhantemente no filme Quatro casamentos e um Funeral:

BLUES FÚNEBRE

Parem todos os relógios, desliguem o telefone,
Impeçam o cão de latir com um osso enorme,
Silenciem os pianos e ao som abafado dos tambores
Tragam o caixão, deixem as carpideiras carpir suas dores.

Deixem os aviões aos círculos a gemer no céu
Rabiscando no ar a mensagem Ele Morreu,
Ponham laços crepe nas pombas brancas da nação,
Deixem os sinaleiros usar luvas pretas de algodão.

Ele era o meu Norte, meu Sul, meu Este e Oeste,
Minha semana de trabalho, meu Domingo de festa
Meu meio-dia, meia-noite, minha conversa, minha canção;
Pensei que o amor ia durar para sempre: foi ilusão.

As estrelas já não são precisas: levem-nas uma a uma;
Desmantelem o sol e empacotem a lua;
Despejem o oceano e varram a floresta;
Porque agora já nada de bom me resta.

Com carinho.
Bjssssss,
Leninha

Silenciosamente ouvindo... disse...

Uma grande verdade minha querida
amiga. Desejo que esteja bem.
Vinha convidá-la a visitar o meu
blogue http://sinfoniaesol.
wordpress.com
Um beijinho
Irene Alves