*Superplayer !!! *

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

*A quem você quer SERVIR ?! *



Para evitar o consumismo


Tema da Campanha da Fraternidade 2010 critica modelo econômico que visa lucro excessivo






Caxias do Sul – Uma mudança na mentalidade das pessoas em relação ao consumo. Esse é o objetivo da Igreja Católica com o lançamento da Campanha da Fraternidade 2010. Com o tema Economia e Vida, o lema é inspirado em uma passagem do Evangelho de Mateus que diz: “vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”.

O modelo econômico que visa o lucro e está vinculado ao mercado e ao sistema financeiro é classificado como perverso pela Igreja, pois criaria exclusão, miséria, fome e estimularia a desigualdade. Em uma cidade como Caxias do Sul, com índices socioeconômicos acima da média brasileira, o tema pode parecer uma reprimenda ao ímpeto produtivo das indústrias. Conforme a Diocese da região, no entanto, não é o que se quer transmitir.

Segundo explicou o bispo de Caxias de Sul, dom Paulo Moretto, em entrevista na manhã de ontem, servir-se dos bens necessários para a vida, como comida, moradia e roupas não é condenável. Os religiosos são contra o acúmulo de bens sem necessidade.

– Nós vivemos em uma cidade que sempre valorizou a economia, que recomenda o consumo. Mas o consumismo exagerado é prejudicial – explica.

A campanha, que começou ontem, segue até o final da Quaresma. A Diocese da cidade diz que há ações previstas nas comunidades neste período para trabalhar o tema, mas não especifica o que será feito. Sem prometer medidas concretas, o bispo clama por uma mudança no pensamento das pessoas.

Em contraponto ao espírito capitalista, o religioso recomenda atenção aos preceitos da economia solidária. Dom Paulo Moretto apresenta como exemplo o trabalho realizado por cooperativas caxienses na área da reciclagem de lixo, que promovem a divisão dos lucros do trabalho entre todos.

– A campanha deste ano não é uma proposta contra os ricos. Sabemos que o lucro é um estímulo para a indústria, mas o ideal é que elas também repartam – comenta o bispo.

Pela terceira vez em 11 anos, a Campanha da Fraternidade tem caráter ecumênico. No lugar da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a organização passou para o Conselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil (Conic). Em Caxias do Sul, além da Igreja Católica, representantes das igrejas Anglicana, Luterana e de Confissão Luterana também foram convidados a participar das ações.

Mesmo reconhecendo que esta mudança é uma missão complicada, dom Paulo confia no sucesso da campanha.

– Nossa gente supervaloriza o trabalho, mas precisamos saber a diferença entre consumir e acumular – reflete.

http://www.clicrbs.com.br/pioneiro/rs/impressa/11,2812790,157,14133,impressa.html

4 comentários:

* Fada * disse...

*Queridos Amigos !!! *

Considero a IGREJA CATÓLICA

bastante OUSADA diante da escolha

deste TEMA para a "Campanha da

Fraternidade de 2010 !!! "

Tenho uma relação de AMIZADE

com o DINHEIRO e uma relação de

AMOR com DEUS !!!

*Acredito que o dinheiro é

muito importante e necessário

para todos nós !!! Todavia, sei

que quem dá mesmo a SOLUÇÃO para

TUDO é DEUS !!!

*Sou CONTRA quem morre de

trabalhar para TER isto e aquilo

também !!!

*Creio no "Caminho do Meio !!!"

*Bom pensarmos sobre isto !!!

*Ótima QUARESMA para todos

nós !!!

*Abraços fraternos !!!

*Beijosssssssssssssss.

direitinho disse...

Um tema para meditar e para educar as novas gerações.
Vivemos num tempo em que ate se vende a alma das pessoas só pelo lucro.

Chica disse...

Encontrar esse caminho do meio é um grande aprendizado!um beijo,tudo de bom,chica

Dalva disse...

Um tema que precisa de muita reflexão... mas principalmente de uma atitude concreta de conversão.

Bjs.